Loading...
Voltar

Crianças e cuidados com o sol

12 Julho 2019 | Notícias

Quando há exposição ao calor é imprescindível adotar alguns cuidados especiais:

Crianças com menos de 12 meses:

  • Durante as horas de maior calor e intensidade de radiação solar (entre as 11 e as 17 horas) devem ser evitados os passeios ao ar livre;
  • Mesmo fora daquele intervalo de tempo, a exposição ao sol deve ser evitada;
  • Nos dias mais quentes e quando ao ar livre, as crianças com menos de 12 meses devem sempre ser mantidas à sombra;
  • Nos dias mais quentes e quando ao ar livre, estas crianças devem usar um protetor solar com um fator de proteção superior a 60 (FP>60).

Para crianças com mais de 12 meses: Para as crianças com mais de 12 meses, devem ser adotados cuidados semelhantes aos atrás referidos:

  • As crianças devem usar um protetor solar com um fator de proteção superior a 60 (FP>60), que deve ser aplicado cerca de 30 minutos antes da exposição;
  • A aplicação do protetor solar deve ser repetida de 2 em 2 horas, especialmente quando as crianças tomarem banho ou transpirarem muito;
  • Nos dias quentes mas nublados, os cuidados referidos devem ser mantidos, pois a radiação ultravioleta continua a atingir a pele e pode causar danos;
  • Quando as crianças estão à sombra, devem também ser mantidos os mesmos cuidados, já que a luz solar refletida na areia ou na superfície da água continua a atingir a pele.

 

Cuidados com o vestuário

O vestuário constitui uma boa barreira de proteção contra a radiação ultravioleta. Assim, para atividades físicas ao ar livre ou nas situações em que se torna difícil a aplicação frequente de protetores solares, o vestuário pode ser a opção mais adequada para proteger a pele do sol:

  • Optar por usar vestuário leve, de algodão e suficientemente folgado para permitir uma ventilação adequada e a evaporação da transpiração;
  • Usar chapéu que proteja adequadamente a cabeça, as orelhas, o nariz e os lábios.
  • As roupas molhadas devem ser trocadas, pois a sua permanência junto ao corpo favorece o aparecimento de micoses;
  • Na praia, as crianças não devem andar sem fato de banho pois o contacto com a areia ou com objetos sujos pode dar origem a problemas da pele e do trato genito-urinário.

 

Alimentação

Durante os passeios realizados nos dias de mais calor a alimentação deve ser simples mas, tanto quanto possível, idêntica àquela a que as crianças estão habituadas. A fruta e os legumes devem ocupar um lugar preferencial na alimentação, pois o seu teor em carotenos e vitaminas poderá contribuir para a proteção da pele contra a agressão pelos raios solares. Deve também ser prestada uma atenção especial à ingestão de líquidos, que deve ser aumentada.  

Faça aqui a sua marcação online.

Marcação online